MUNDO

INEXPERIENTE

O colunista Kennedy Alencar afirmou hoje, durante participação ao UOL News, que o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, é “irresponsável e inapto” para ocupar o cargo de presidente.

“Ele pediu para que a Otan entre na guerra contra a Rússia, e não vai ter isso. Ele é um presidente que pediu para que a população civil se armasse e fizesse coquetel molotov para enfrentar a segunda maior potência militar do planeta. Ele está jogando para a torcida”, avaliou Kennedy.O colunista também classificou como “irresponsável” retratar o mandatário ucraniano como “herói”.


“Ele foi um líder que contribuiu para a escalada que resultou nesse conflito. [Vladimir] Putin está errado, mas há uma explicação para ele ter agredido a Ucrânia, que flertou entrar na Otan de maneira irresponsável. É uma clara provocação à Rússia a entrada da Ucrânia na Otan”, disse.Proteção aérea da Otan
Também ao UOL News, o cientista político Vicente Ferraro analisou o oitavo dia de conflito entre os russos e os ucranianos, e explicou os motivos pelos quais a Otan — forças militares ocidentais — não vai criar uma zona de exclusão aérea sobre a Ucrânia.

Segundo o especialista, essa medida é “improvável” e poderia levar a uma guerra mundial.

“Isso levaria a um atrito direto entre países membros da Otan, ou seja, de potências nucleares, e a Rússia, outra potência militar. Então, essa ação poderia incorrer em uma guerra sem precedentes”, argumentou.

Conselho Europeu
O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, se posicionou contra o pedido da Ucrânia para que haja uma “zona de exclusão aérea” militarizada nos céus contra a ofensiva da Rússia. Ele ressaltou que o país não é membro da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte).

“A UE não está em guerra com a Rússia. A realidade é que a Rússia lançou uma guerra selvagem contra a Ucrânia. A Ucrânia não é membro da Otan, e é por isso que devemos ser extremamente cuidadosos e cautelosos. Precisamos fazer tudo o que for possível, mas levando em conta que a Rússia tem armas nucleares e é muito importante evitar uma terceira guerra internacional”, disse, em entrevista à CNN.

Michel disse que, embora essa seja uma decisão da Otan e não da União Europeia, é importante que os membros da Otan entendam que seria “um passo longe demais”.

“É por isso que estamos tentando advogar em diferentes campos no nível diplomático. Estamos tentando fornecer mais apoio à Ucrânia para ter um cessar-fogo o mais rápido possível e para garantir que possamos negociar o mais rápido possível”, completou.

Mais cedo, o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, voltou a cobrar hoje que países ocidentais criem a zona de exclusão aérea militarizada. Zelensky ainda disse que apenas uma conversa diretamente com Putin será capaz de parar a guerra.

Please follow and like us:
0
fb-share-icon20
Tweet 20
Pin Share20

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *