BRASILEIRA PRESA NA INDONÉSIA COM COCAÍNA PEDE DESCULPAS POR ‘OFENDER O PAÍS’ EM ÚLTIMA AUDIÊNCIA

31/05/2023

A brasileira Manuela Vitória de Araújo Farias, presa por tráfico de drogas na Indonésia, pediu desculpas por “ofender o país”. A declaração foi dada na última audiência antes da definição da sentença.

“Foi uma orientação da defesa. Não existe porte culposo, ela tem que se desculpar, […] independente se ela for considerada culpada ou inocente”, disse o advogado da jovem, Davi Lira da Silva, ao portal g1.

Manuela, de 19 anos, foi presa em janeiro. A brasileira chegou à Indonésia em um voo da Qatar Airlines com duas malas, portando aproximadamente 3 quilos de cocaína e psicotrópicos.

O julgamento de Manuela começou em abril, dois meses após ela ser indiciada por tráfico. O Ministério Público da Indonésia pediu na justiça que ela seja condenada a 12 anos de prisão.

A lei de combate ao tráfico de entorpecentes da Indonésia é uma das mais duras do mundo. Entre as penas previstas estão de cinco a 20 anos de prisão, prisão perpétua e até mesmo pena de morte.

DEFESA ALEGA QUE ELE FOI MULA

A defesa de Manuela alega que ela foi enganada por um grupo criminoso de Santa Catarina. O bando havia prometido férias e aula de surfe a jovem, contudo, Manuela teria sido usada como ‘mula’ para entrar com entorpecentes no país.

O caso é acompanhado pelo Ministério das Relações Internacionais. Manuela tem residência em Santa Catarina, estado onde vivia a mãe, e no Pará, onde o pai mora.

O advogado de defesa da jovem informou que ela trabalhava como vendedora de perfumes e lingeries no Brasil. 

Please follow and like us:
0
fb-share-icon20
Tweet 20
Pin Share20
Author: amazonashoje

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *