TRANS VENCE MULHERES E LEVA O MISS HOLANDA

A modelo e atriz, Rikkie Valerie Kollé, 22 anos, venceu o concurso Miss Holanda 2023 no sábado (8.jul.2023). Ela se tornou a 1ª mulher trans a vencer o prêmio e representar o país no Miss Universo de 2023, que será realizado em El Salvador. Kollé será a 2ª mulher a trans a participar do Miss Universo. A 1ª foi a espanhola Angela Ponce, vencedora do Miss Espanha 2018. Ela acabou eliminada durante a 1ª fase da etapa mundial. A competição permite a participação de mulheres trans desde 2012.

Rikkie Valerie Kollé, modelo e atriz holandesa, foi coroada neste sábado (8/7) como a nova Miss Holanda, e vai representar o país no Miss Universo 2023, que acontecerá em El Salvador. A vitória a consagra como a segunda mulher transgênero a alcançar o palco do Miss Universo, seguindo os passos de Angela Ponce, Miss Espanha 2018.

Rikkie disputou o concurso na cidade de Leusden, localizada a 58 km de Amsterdã, onde superou nove outras finalistas. Segundo os jurados do Miss Holanda, Rikkie foi a candidata que mais evoluiu durante o confinamento do concurso. “Ela tem uma história forte com uma missão clara. O júri está convencido de que a organização vai gostar de trabalhar com esta jovem”, declararam.


Vale lembrar que, desde 2012, o Miss Universo permite a participação de mulheres trans em seus concursos. No entanto, apenas em 2018 uma conseguiu chegar à etapa internacional, quando Angela Ponce fez história como a primeira Miss Espanha transgênero. A proprietária atual da Organização Miss Universo é Anne Jakrajutatip, uma empresária tailandesa transgênero.


A jornada de Rikkie
Rikkie Valerie Kollé já é um nome conhecido no mundo da moda na Holanda. Antes de se tornar Miss Holanda 2023, ela foi finalista do Holland’s Next Top Model, em 2018. No entanto, a sua jornada vai além das passarelas.

Em uma publicação no Instagram, ela compartilhou detalhes da sua transição de gênero com seus seguidores. “Nasci no corpo errado. Eu nasci Lil Rik. Mas o Lil Rik queria ser fortemente Rikkie”, disse ela, expressando sua identidade de gênero.


Rikkie começou a sua transição aos 8 anos e aos 11 se assumiu como mulher e alterou seu nome. Com o apoio da família, começou a tomar hormônios femininos aos 16 anos, confirmando sua identidade de gênero feminina. Após dois anos na lista de espera, finalmente, em janeiro de 2023, realizou a cirurgia de mudança de sexo.

Hoje, aos 22 anos, Rikkie Kollé busca usar sua posição como Miss Holanda para ser uma voz e um exemplo para outras pessoas. Em sua apresentação, ela se comprometeu a dedicar-se a todos os pequenos “Rikkies” que enfrentam a rejeição da família e a transição para se tornarem quem desejam ser, ajudando a fortalecer sua autoimagem e aceitação. “Porque, desde que você permaneça sendo quem você é, não há ninguém que possa se colocar acima de você”, afirmou.

Ela acredita que, com a organização Miss Holanda ao seu lado, sua história pode inspirar a nova geração.

Veja abaixo a exibição integral da final do Miss Holanda 2023.

Please follow and like us:
0
fb-share-icon20
Tweet 20
Pin Share20
Author: amazonashoje

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *